União de Tomar precisa apenas de um empate para segurar 2º lugar

União de Tomar precisa apenas de um empate para segurar 2º lugar

Basta um empate ao União de Tomar para assegurar o segundo lugar da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Santarém. A equipa nabantina, à entrada para a penúltima jornada, tem mais cinco pontos do que os Empregados do Comércio, o rival mais directo, e com vantagem no «mano-a-mano», pelo que uma igualdade diante do aflito União da Chamusca será o suficiente para garantir a vice-liderança, um desempenho que está entre o melhor que se tem visto nos últimos (largos) anos. Recorde-se que o título, esse, já está entregue ao Coruchense, após a vitória em Amiais de Baixo na última semana. As atenções centram-se, agora, nas contas da manutenção. União de Santarém e Barrosense já estão despromovidos matematicamente, um grupo que pode aumentar já nesta ronda caso a União da Chamusca não vença em Tomar. Refira-se que, nesta altura, são três os lugares de descida: para além dos dois “reservados” antes do arranque da prova, há ainda a somar outra despromoção face à desistência do Riachense do Nacional de Seniores. E os problemas prometem não ficar por aqui…

Classificação: 1º Coruchense, 56 pontos, 2º U. Tomar, 49, 3º Empregado do Comércio, 44, 4º Torres Novas, 43, 5º Fazendense, 42, 6ºs Cartaxo e Mação, 40, 8º Amiense, 38, 9º Rio Maior, 26, 10º Pontével, 24, 11º Benavente, 22, 12º U. Chamusca, 18, 13º Barrosense,15 e 14º U. Santarém, 11. Próxima jornada, 19 de Abril: Benavente-Amiense, Torres Novas-Empregados do Comércio, Pontével-Fazendense, U. Tomar-U. Chamusca, Coruchense-Barrosense, Mação-Cartaxo e U. Santarém-Rio Maior.