TORRES NOVAS – Já lá vão dois anos desde que a actividade...

TORRES NOVAS – Já lá vão dois anos desde que a actividade cirúrgica do Hospital de Santarém se realiza na Unidade Rainha Santa Isabel

Completaram-se, a 3 de abril, dois anos de utilização do Bloco Operatório da Unidade Hospitalar de Torres Novas pelo Hospital de Santarém. Recorde-se que esta situação decorre das obras em curso no Hospital Distrital que, devido ao constrangimento dessas mesmas obras, passou a utilizar o Bloco Operatório da Unidade de Torres Novas, «potenciando esta ocupação a operacionalidade de um espaço em condições de servir a população do Distrito de Santarém», refere a administração do CHMT. Para além do Bloco Operatório totalmente equipado, foram disponibilizados as infra-estruturas de apoio, nomeadamente, uma enfermaria, com capacidade para 26 camas. «Desde sempre» o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo «reiterou a total colaboração com o Hospital de Santarém na fase em que este se encontra em obras e consequentes constrangimentos nos respetivos blocos operatórios». A exemplo do que tem acontecido por diversas circunstâncias, «a atitude do Centro Hospitalar do Médio Tejo será sempre de plena colaboração e cooperação, de modo a minimizar constrangimentos no acesso aos cuidados de saúde da população do Distrito de Santarém.
Estas sinergias permitiram que centenas de doentes pudessem ser intervencionados no âmbito do Serviço Nacional de Saúde, em condições de segurança clínica, de conforto e maior proximidade das suas áreas de residência, sempre numa perspetiva de partilha dos recursos do Serviço Nacional de Saúde».