TOMAR – Centro de Conhecimento e Valorização no IPT… com candidatura chumbada....

TOMAR – Centro de Conhecimento e Valorização no IPT… com candidatura chumbada. Probabilidade de aprovação «é baixa». PSD sente-se «enganado»

A Câmara de Tomar aprovou, por maioria, não avançar para a adjudicação do procedimento de contratação da empreitada de construção do Centro de Conhecimento e Valorização no Instituto Politécnico de Tomar. Recorde-se que está em causa um investimento na ordem dos 2,5 milhões – que, afinal, pode chegar aos 3,5, sendo que a candidatura a fundos comunitários não foi admitida. Faltavam, pois, alguns documentos, entretanto já enviados para o júri, pelo que, nesta fase, se aguarda uma resposta. Quem não se conforma com este cenário é o Partido Social-Democrata. Tiago Carrão, vereador do PSD na autarquia nabantina, diz-se mesmo «enganado» e justificou este sentimento com as respostas que recebeu de Anabela Freitas, a 7 de Fevereiro último, dia da deliberação do início do procedimento:

Questionada por Tiago Carrão, Anabela Freitas admitiu que a probabilidade de aprovação da candidatura é «baixa» e que se o Município tiver que avançar sem financiamento haverá registo para «uma pressão na tesouraria»: