TOMAR – Autárquicas 2017. Polémica continua na Junta Urbana. Augusto Barros critica...

TOMAR – Autárquicas 2017. Polémica continua na Junta Urbana. Augusto Barros critica alguns delegados que “puseram resultados a circular” sem que a contagem estivesse fechada

A contagem de votos respeitantes à Junta Urbana de Tomar atrasou-se de tal forma no último Domingo que a freguesia foi das últimas, à escala nacional, a dar os resultados como fechados e a enviá-los para a respectiva Câmara Municipal, neste caso para a autarquia nabantina. Ao contrário do que é normal, a comunicação social não pôde entrar no pavilhão municipal para acompanhar a evolução dos resultados – o que já mereceu um pedido de desculpas de Augusto Barros, presidente da Junta Urbana – mas foi possível ver que alguns elementos que tinham por missão estar perto das mesas de voto e ajudar na contabilização dos mesmos deram mais importância a registar os resultados das secções já fechadas, colocando-os “no exterior” através de fotografias tiradas com os telemóveis ou através de mensagens. Augusto Barros, em declarações à Hertz, catalogou esta situação como «triste» e garantiu que os presidentes das mesas tinham indicações expressas para que as votações não fossem tornadas públicas antes de serem enviadas para a Câmara, algo que, lamenta, não foi cumprido por alguns delegados:

Foto Augusto Barros/Facebook