SERTÃ – Dia Municipal para a Igualdade assinalado no concelho

SERTÃ – Dia Municipal para a Igualdade assinalado no concelho

De 17 a 31 de outubro, o Dia Municipal para a Igualdade foi o mote para a realização de diversas atividades junto de alunos do ensino secundário do concelho da Sertã, integradas no plano de ação do “Projeto SIM: Sertã – Inclusão e Mediação”. Partindo do tema “Degraus da Igualdade”, decorreram diversas sessões que focaram e desenvolveram temáticas como a empatia, o respeito, a inclusão e as des (igualdades) de género. Estas sessões tiveram lugar no Agrupamento de Escolas da Sertã, no Instituto Vaz Serra, em Cernache do Bonjardim, e na Escola Tecnológica e Profissional da Sertã, de 17 a 31 de outubro, em que participaram cerca de 200 jovens. Para além das sessões dirigidas aos alunos, no Dia Municipal da igualdade, dia 24 de outubro, a Capela do Convento da Sertã Hotel, acolheu uma sessão intergeracional que envolveu miúdos e graúdos, promovendo a reflexão conjunta acerca do caminho a percorrer para atingir o topo dos degraus da igualdade. Esta sessão registou a participação de 40 pessoas, onde se incluíram alunos do ensino secundário do Agrupamento de Escolas da Sertã e idosos da Santa Casa da Misericórdia da Sertã. Nas sessões realizadas ficou patente a percepção de que ainda se verificam assimetrias entre homens e mulheres. De um modo geral, os jovens demonstraram uma clara noção de que, por um lado, existiu uma evolução no que concerne aos direitos de homens e mulheres. Por outro lado, acreditam que há ainda muito a fazer. Reconheceram a importância da aceitação e do respeito pela diferença e, após reflexão, facilmente perceberam que os rótulos poderão ter consequências negativas a curto, médio e longo prazo e que é importante “calçar os sapatos dos outros” e ser empático. Os idosos que participaram apontaram as várias diferenças entre “a juventude de antigamente” e a “juventude de hoje” e, embora afirmem que estranharam algumas mudanças/alternativas, foram unânimes em afirmar que a evolução é imperativa.

Para Cristina Nunes, Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal da Sertã, refere que “ao falar de igualdade não nos podemos limitar à igualdade de género, é preciso não esquecer que precisamos de promover a igualdade sócio-económica. Assinalamos o Dia Municipal para a Igualdade porém, devemos lembrar-nos diariamente que ainda temos vários degraus para subir”, referiu a autarca, sublinhando que “a realização de ações intergeracionais é crucial para que as novas gerações reflictam sobre as dificuldades do passado e as colmatem no futuro.” O Dia Municipal para a Igualdade é celebrado em Portugal desde 2010 por “centenas de organizações representativas da sociedade civil e da esfera pública de todo o território (…), com vista à promoção dos valores da Igualdade, Inclusão e Participação.” Os dados da Comissão para a Igualdade de Género (CIG) revelam que a taxa de desemprego e o trabalho a tempo parcial apresentam percentagens mais elevadas no género feminino. Neste âmbito, verifica-se que as mulheres constituem a esmagadora maioria da população inativa a nível mundial, devido à responsabilidade que lhes é atribuída para cuidar de outros. Neste sentido, as mulheres continuam a ter dificuldades em investir na sua carreira, acrescendo também o facto de se continuarem a registar disparidades salariais entre homens e mulheres, que se reflectem, mais tarde, em pensões inferiores auferidas pelas mulheres idosas, deixando-as mais expostas ao risco de pobreza. O Projeto SIM – Sertã: Inclusão e Mediação” decorre da parceria entre o Município da Sertã e a Santa Casa da Misericórdia da Sertã. As atividades do Dia Municipal da Igualdade contaram com o apoio do Convento da Sertã Hotel, do Agrupamento de Escolas da Sertã, do Instituto Vaz Serra e da Escola Tecnológica e Profissional da Sertã. O projeto “SIM – Sertã: Inclusão e Mediação” pretende ser o elo de ligação com a população migrante e a comunidade de etnia cigana, com o propósito de quebrar barreiras ao nível burocrático e social, eliminando estereótipos e contribuindo para a inclusão social destas comunidades. O SIM aposta na intervenção junto de toda a comunidade (dos 3 aos 100 anos), alertando para temas como a igualdade de género, a empatia, a violência no namoro/doméstica, a inter e multiculturalidade, o bullying e o respeito pela diferença. Funciona de segunda a sexta-feira, das 9 horas às 12h30m e das 13h30m às 17 horas, na Câmara Municipal da Sertã, no Sector de Ação Social. Poderá ser contactado através do 274600300 ou pelo e-mail projetosim@cm-serta.pt .