SANTARÉM – Plano de Acção para o Centro Histórico apresentado no Palácio...

SANTARÉM – Plano de Acção para o Centro Histórico apresentado no Palácio Landal

O Plano de Acção para o Centro Histórico de Santarém foi apresentado, pelo executivo municipal, no dia 30 de Março, no Palácio Landal, em Santarém. Ricardo Gonçalves, presidente da autarquia scalabitana, Luís Farinha, vereador com o pelouro do Turismo e Susana Pita Soares, vereadora com o pelouro da Cultura, apresentaram as bases fundamentais da 1ª fase do Plano de acção para o Centro Histórico que tem como principal objectivo a sua revitalização, reposicionando-o como um dos locais privilegiados da cidade, para viver e trabalhar. No âmbito do Plano, foi apresentado o portal do Centro Histórico – http://centrohistorico.cm-santarem.pt – com o slogan Encontra-me em Santarém, onde os munícipes poderão consultar a legislação, eventos, bem como dar contributos para a sua melhoria. Ricardo Gonçalves referiu que o Centro Histórico simboliza a história e a memória dos scalabitanos, e que, neste momento, existe um desafio colectivo que tem como objectivo a revitalização do centro da cidade de Santarém. Mencionou também o projecto Rota das Catedrais, um projecto pioneiro que levou à requalificação da Sé, do Convento Santa Clara e também à criação do Museu Diocesano, “mais uma âncora no nosso centro histórico e que recentemente foi premiado pela Entidade Regional de Turismo de Alentejo e Ribatejo como um dos projectos mais empreendedores ao nível do turismo nesta região. Com a apresentação da 1ª fase do Plano de Acção para o Centro Histórico de Santarém, a autarquia pretende desenvolver um conjunto de acções estratégicas para o centro histórico e em simultâneo atrair o contributo de todos os cidadãos interessados na sua revitalização.” O Edil apresentou a visão do Plano que consiste em conseguir afirmar o centro histórico como um território “vivo e vivido, reposicionando-se como um dos locais privilegiados da cidade para viver, trabalhar e estarmos uns com os outros, como diz o slogan Encontra-me em Santarém. (…) É preciso promover o regresso dos habitantes, turistas, empresas e do comércio. É necessário aumentar a procura do centro histórico como destino cultural, religioso, comercial e empresarial. Esta é a finalidade do que queremos atingir com este plano.” A partir do dia 13 de Abril passará a funcionar no Palácio Landal, o Gabinete do Centro Histórico, espaço privilegiado de apoio e contacto com os Munícipes e visitantes do Centro Histórico de Santarém. No âmbito deste gabinete, foi criado o “Observatório do Centro Histórico”, que vai acompanhar e monitorizar todos os planos a implementar, bem como recolher as informações necessárias à sua adaptação às reais necessidades do Centro Histórico. Em maio, Junho e Setembro serão realizadas sessões participativas, com o objectivo de “discutir o próprio centro histórico”. O Presidente da Câmara referiu que o Plano agora apresentado é um plano dinâmico, em construção constante, pelo que o contributo de todos é indispensável ao sucesso da sua concretização. Os 3 eixos estruturantes do Plano de Acção são a Consolidação Urbana; o Desenvolvimento Sustentável e Empreendedorismo e a Cultura e o Património e Turismo. Ao visitar o portal – http://centrohistorico.cm-santarem.pt – podem visualizar-se mais informações acerca da 1º fase do Plano de Acção para o Centro Histórico de Santarém, bem como deixar contributos ou sugestões de inclusão do Plano.