MÉDIO TEJO – Coronavírus. Ferreira do Zêzere, Sardoal e Ourém apresenta os...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Ferreira do Zêzere, Sardoal e Ourém apresenta os piores indicadores na incidência cumulativa dos últimos 14 dias

O Médio Tejo está em risco ‘extremo’ de propagação da pandemia em curso, sendo que nenhum dos 11 concelhos sob a égide da Unidade de Saúde Pública está abaixo desse patamar. Por agora, Ferreira do Zêzere é mesmo o território que apresenta a maior incidência cumulativa a 14 dias, com um total de 5318 infeções por 100 mil habitantes, naquele que é mesmo um dos piores indicadores de Portugal. Segue-se, ainda pelo Médio Tejo, os concelhos de Sardoal e Ourém, com 4622 e 3400 contágios, respetivamente. Ainda acima dos três mil estão Entroncamento (3396), Alcanena (3285), Torres Novas (3250), Mação (3194) e Vila Nova da Barquinha (3056). Tomar, por sua vez, tem 2872 casos por 100 mil habitantes, Abrantes apresenta 2590 e Constância soma 2394.