MÉDIO TEJO – Albufeira de Castelo de Bode mantém 66% de armazenamento...

MÉDIO TEJO – Albufeira de Castelo de Bode mantém 66% de armazenamento e é a que está menos mal dentro da realidade da bacia hidrográfica do Tejo

Os dados são da Agência Portuguesa do Ambiente: a albufeira de Castelo do Bode manteve os 66% de armazenamento atual, uma tendência que contraria as perdas das últimas semanas e que é rara exceção na realidade afeta à bacia hidrográfica do Tejo, onde 11 das 16 albufeiras perderam água no decurso dos últimos sete dias.

Aliás, em termos de capacidade atual, o Castelo do Bode está mesmo no topo desta lista, contrariamente às situações deveras preocupantes de Divôr, Magos, Maranhão e Minutos, cujo armazenamento está abaixo dos 30%. O Cabril, por sua vez, está com 32%, enquanto Pracana está nos 36%.