MAÇÃO – Concelho representado em seminário internacional de arte rupestre

MAÇÃO – Concelho representado em seminário internacional de arte rupestre

Mação está representado no importante Seminário Internacional sobre as formas de comunicar a arte pré-histórica no terceiro milénio, novas perspetivas para a gestão cultural e turística de locais com arte rupestre. O Seminário decorre em Puente Viesgo, Espanha, e estão a participar no Seminário técnicos de turismo e comunicação da Câmara Municipal de Mação e investigadores do Museu de Mação. Este Seminário Internacional, na sua 6.ª edição, tem como objetivo principal oferecer uma série de conteúdos teóricos e práticos sobre a forma de comunicar, de expor a arte rupestre. Procura também oferecer aos profissionais que gerem os destinos de arte rupestre, bem como aos demais profissionais da cultura e turismo das regiões onde o recurso de arte rupestre é – ou poderá ser – uma mais-valia no desenvolvimento económico, uma atualização de conhecimentos em torno das mais recentes tendências na mediação cultural e na interpretação do património. Relembramos que o circuito de Arte Rupestre no Concelho de Mação abarca três sítios diferentes: o vale do Ocreza, o abrigo pintado do Pego da Rainha e o sítio de Cobragança. Mação integra ainda, tendo sido sócio fundador, o CARP – Caminhos de Arte Pré-histórica Europeus, a maior rede europeia de destinos culturais e turísticos mostrando ao grande público a arte das primeiras comunidades que viveram na Europa.