José Perfeito e António Jorge (PSD) pediram suspensão temporária das funções de...

José Perfeito e António Jorge (PSD) pediram suspensão temporária das funções de vereador

José Perfeito e António Manuel Jorge pediram a suspensão temporária do mandato enquanto vereadores do Partido Social-Democrata. Depois de Carlos Carrão, que foi o número um da lista, não ter aceite continuar nesse cargo, seguiu-se a subida de Maria Luísa Oliveira. No entanto, a chegada à direcção-geral da Administração Escolar fez com que, em Outubro de 2014, o PSD fosse obrigado a refazer a sua representação entre o executivo, subindo, na altura, José Perfeito, que foi o quarto da lista. Mas também o ex-vice-presidente da Câmara de Tomar se mostrou indisponível para assumir as funções e optou por dar o lugar a António Jorge, pedindo, agora, a suspensão por 180 dias. Mais recentemente foi o próprio António Jorge a ficar impossibilitado de marcar presença nas reuniões da autarquia ainda que, no seu caso, o pedido de suspensão termina em meados de Maio.