ECONOMIA – Quais as vantagens e desvantagens do outsourcing de TI

ECONOMIA – Quais as vantagens e desvantagens do outsourcing de TI

No mercado de hoje, a eficiência de custos e a confiança nos processos estão se tornando cada vez mais importantes, e a terceirização está ganhando cada vez mais seguidores. Mesmo assim, muitos gerentes técnicos ainda têm dúvidas sobre os prós e os contras do outsourcing de TI.

Porém, também é importante entender que o processo de terceirização de TI nem sempre é a melhor solução. Tudo depende das necessidades e características da organização: cada caso deve ser analisado separadamente.

Mesmo assim, é inegável que a aplicação desse método faz parte da transformação digital e está mudando a realidade do negócio e permitindo que a empresa cresça ainda mais. Este artigo elaborado com a cooperação da saiba PT e visa abordar as vantagens e desvantagens encontradas no outsourcing de TI.

O que é outsourcing de TI?

“Outsourcing” se trata da expressão inglesa para a terceirização. Portanto, o conceito de Outsourcing de TI envolve a contratação de empresas externas para a execução de serviços relacionados à tecnologia da informação.

Desde a instalação de infraestrutura como equipamentos de rede até o desenvolvimento de software para seus contratados (seja empresa, web ou aplicativo).

Para os casos de prestação de serviços de desenvolvimento, a empresa terceirizada não tem a necessidade de ocupar o espaço físico da empresa contratante, por se tratar de um serviço remoto.

Porém, a instalação da rede, a manutenção da infraestrutura, etc., só podem ser realizadas pessoalmente. Logo, as empresas de terceirização ocuparam espaço de escritório.

Se sua empresa não possui esse departamento, é indicativo de terceirização de TI, sugerindo redução de orçamento, promovendo o foco no core business, entre outros benefícios que essa prática pode proporcionar.

Conforme mencionado anteriormente, o recrutamento de equipas de desenvolvimento interno foi reduzido para dar lugar ao recrutamento de equipas externas, este fator justifica-se pelos benefícios já mencionados e pelos benefícios que veremos a seguir.

As vantagens do outsourcing de TI

Então, vamos começar com suas vantagens. Nesse caso, o ponto a ser destacado é que quase todos os tipos de empresas podem sentir os benefícios da terceirização de serviços.

Isso é especialmente verdadeiro para empresas que processam grandes quantidades de informações, portanto, precisam de um sistema poderoso, 100% funcional e sempre disponível. De acordo com a Outsourcing Institute, as vantagens mais relevantes são as seguintes:

Custos reduzidos

Não há dúvida de que a redução de custos é um dos principais impulsionadores da terceirização de TI. E não é difícil entender o porquê, porque quando você compara com o custo de implantação e manutenção de uma infraestrutura dedicada, você vai perceber uma economia considerável.

Porém, também é possível ir além, pois além de reduzir os custos de capital, os custos operacionais também serão bastante reduzidos. Nesse sentido, estamos nos referindo aos custos de criação e manutenção de equipes internas, tais como:

* Encerramentos de contratos;
* Férias e 13º salário;
* Impostos trabalhistas (que podem ser duas vezes maiores do que na folha de pagamento);
* Recrutamento e seleção;
* Salários e bônus;
* Treinamento.

Se você colocar esses números no papel, descobrirá que escolher “internalizar” custará um pouco mais. Graças à terceirização, alguns desses custos podem ser eliminados imediatamente.

No entanto, um cálculo mais correto seria olhar para a questão de uma perspectiva de médio a longo prazo. Em outras palavras, essa vantagem será melhor compreendida com o tempo.

Flexibilidade
Seja em períodos de superaquecimento econômico ou crise, as empresas continuarão a ser afetadas pelas flutuações na demanda do consumidor.

Portanto, a flexibilidade é outra vantagem relacionada à terceirização de TI: os clientes podem ajustar com segurança soluções e sistemas com base no volume de negócios e responder às necessidades do mercado com mais rapidez, sem gastar muito dinheiro.

Inovação
Outro ponto que merece destaque é a inovação. Porquê então? A resposta é: porque, quando uma empresa especializada em fornecer as soluções que você precisa é contratada, você consegue uma infraestrutura atualizada e em conformidade com a tecnologia de ponta do mercado.

Expertise
Contando com o conhecimento do fornecedor, você se beneficiará da experiência de sua equipe de profissionais. Ao ter a prestação de serviços como atividade principal, espera-se que exista, pelo menos, uma equipa de formação de formadores certificada e experiente.
As desvantagens do outsourcing de TI
Da mesma forma que quase tudo relacionado a negócios, o outsourcing de TI tem suas desvantagens. Sempre que as atividades são delegadas a terceiros, há riscos envolvidos.

Embora não tenha nada a ver com o fornecedor em si, o que está acontecendo aqui é que se você encontrar um bom parceiro, ele será minimizado. Ou seja, consulte os contras da terceirização abaixo:

Segurança
Uma das maiores desvantagens da terceirização é a necessidade de permitir que terceiros acessem e até controlem informações comerciais confidenciais. Afinal, em alguns casos, a operadora nem mesmo está na sua cidade, estado ou país.
No mercado de hoje, a eficiência de custos e a confiança nos processos estão se tornando cada vez mais importantes, e a terceirização está ganhando cada vez mais seguidores. Mesmo assim, muitos gerentes técnicos ainda têm dúvidas sobre os prós e os contras do outsourcing de TI.

Porém, também é importante entender que o processo de terceirização de TI nem sempre é a melhor solução. Tudo depende das necessidades e características da organização: cada caso deve ser analisado separadamente.

Mesmo assim, é inegável que a aplicação desse método faz parte da transformação digital e está mudando a realidade do negócio e permitindo que a empresa cresça ainda mais. Este artigo elaborado com a cooperação da Bet22 visa abordar as vantagens e desvantagens encontradas no outsourcing de TI.

O que é outsourcing de TI?

“Outsourcing” se trata da expressão inglesa para a terceirização. Portanto, o conceito de Outsourcing de TI envolve a contratação de empresas externas para a execução de serviços relacionados à tecnologia da informação.

Desde a instalação de infraestrutura como equipamentos de rede até o desenvolvimento de software para seus contratados (seja empresa, web ou aplicativo).

Para os casos de prestação de serviços de desenvolvimento, a empresa terceirizada não tem a necessidade de ocupar o espaço físico da empresa contratante, por se tratar de um serviço remoto.

Porém, a instalação da rede, a manutenção da infraestrutura, etc., só podem ser realizadas pessoalmente. Logo, as empresas de terceirização ocuparam espaço de escritório.

Se sua empresa não possui esse departamento, é indicativo de terceirização de TI, sugerindo redução de orçamento, promovendo o foco no core business, entre outros benefícios que essa prática pode proporcionar.

Conforme mencionado anteriormente, o recrutamento de equipas de desenvolvimento interno foi reduzido para dar lugar ao recrutamento de equipas externas, este fator justifica-se pelos benefícios já mencionados e pelos benefícios que veremos a seguir.

As vantagens do outsourcing de TI

Então, vamos começar com suas vantagens. Nesse caso, o ponto a ser destacado é que quase todos os tipos de empresas podem sentir os benefícios da terceirização de serviços.

Isso é especialmente verdadeiro para empresas que processam grandes quantidades de informações, portanto, precisam de um sistema poderoso, 100% funcional e sempre disponível. De acordo com a Outsourcing Institute, as vantagens mais relevantes são as seguintes:

Custos reduzidos
Não há dúvida de que a redução de custos é um dos principais impulsionadores da terceirização de TI. E não é difícil entender o porquê, porque quando você compara com o custo de implantação e manutenção de uma infraestrutura dedicada, você vai perceber uma economia considerável.

Porém, também é possível ir além, pois além de reduzir os custos de capital, os custos operacionais também serão bastante reduzidos. Nesse sentido, estamos nos referindo aos custos de criação e manutenção de equipes internas, tais como:

• Encerramentos de contratos;
• Férias e 13º salário;
• Impostos trabalhistas (que podem ser duas vezes maiores do que na folha de pagamento);
• Recrutamento e seleção;
• Salários e bônus;
• Treinamento.

Se você colocar esses números no papel, descobrirá que escolher “internalizar” custará um pouco mais. Graças à terceirização, alguns desses custos podem ser eliminados imediatamente.

No entanto, um cálculo mais correto seria olhar para a questão de uma perspectiva de médio a longo prazo. Em outras palavras, essa vantagem será melhor compreendida com o tempo.

Flexibilidade
Seja em períodos de superaquecimento econômico ou crise, as empresas continuarão a ser afetadas pelas flutuações na demanda do consumidor.

Portanto, a flexibilidade é outra vantagem relacionada à terceirização de TI: os clientes podem ajustar com segurança soluções e sistemas com base no volume de negócios e responder às necessidades do mercado com mais rapidez, sem gastar muito dinheiro.

Inovação
Outro ponto que merece destaque é a inovação. Porquê então? A resposta é: porque, quando uma empresa especializada em fornecer as soluções que você precisa é contratada, você consegue uma infraestrutura atualizada e em conformidade com a tecnologia de ponta do mercado.

Expertise
Contando com o conhecimento do fornecedor, você se beneficiará da experiência de sua equipe de profissionais. Ao ter a prestação de serviços como atividade principal, espera-se que exista, pelo menos, uma equipa de formação de formadores certificada e experiente.

As desvantagens do outsourcing de TI

Da mesma forma que quase tudo relacionado a negócios, o outsourcing de TI tem suas desvantagens. Sempre que as atividades são delegadas a terceiros, há riscos envolvidos.

Embora não tenha nada a ver com o fornecedor em si, o que está acontecendo aqui é que se você encontrar um bom parceiro, ele será minimizado. Ou seja, consulte os contras da terceirização abaixo:

Segurança
Uma das maiores desvantagens da terceirização é a necessidade de permitir que terceiros acessem e até controlem informações comerciais confidenciais. Afinal, em alguns casos, a operadora nem mesmo está na sua cidade, estado ou país.

Obviamente, adotar as melhores práticas de segurança da informação pode minimizar os principais riscos, mas isso ainda é um problema.

Porém, quando lembramos que manter nossa própria infraestrutura de hardware e software não garante segurança contra ataques, essa desvantagem diminui um pouco o peso.

Pode causar mau clima
Quer você goste ou não, a transição de “interno” para “externo” geralmente envolve a demissão de funcionários, o que cria uma atmosfera desconfortável no ambiente de trabalho.

Portanto, você deve ser o mais transparente possível e comunicar o verdadeiro motivo da desconexão. Se isso não for feito, os contribuintes que não têm nada a ver com essa transição podem pensar que também estão ameaçados, levando a um clima pior.

Outra questão que precisa ser enfatizada e avaliada é a relação entre seus empregados e os empregados da empresa contratante. Então, por exemplo, analise o profissionalismo do fornecedor enquanto atende você.

Entendimento do negócio
Mesmo que tenham experiência na área técnica, alguns provedores de TI não têm um conhecimento profundo de como os negócios de seus clientes operam.

Isso pode causar problemas no planejamento e execução de projetos – especialmente em sistemas que atendem diretamente aos negócios – incorrendo em custos e atrasos desnecessários.

Quando o outsourcing de TI é recomendado?

Em suma, não podemos deixar de citar a recomendação da terceirização. Basicamente, esta solução é adequada para as seguintes situações:

• A estrutura atual restringe o funcionamento da empresa;
• Necessidade de redução de custos;
• O processo deve ser inovado.

Só não se esqueça que para obter benefícios, você precisa contratar um fornecedor reconhecido que possa fornecer serviços qualificados.