CONSTÂNCIA – CDU considera «insignificante» o apoio da Câmara à ampliação do...

CONSTÂNCIA – CDU considera «insignificante» o apoio da Câmara à ampliação do Lar de São João

Num comunicado enviado para a redacção da Hertz, as vereadoras Júlia Amorim e Sónia Varino, da CDU de Constância, consideram como «insignificante» o apoio da autarquia da Vila Poema à ampliação do Lar de S. João. O texto recorda que foi presente, na recente reunião do executivo, a proposta de apoio à Santa Casa da Misericórdia de Constância com vista à referida requalificação, sendo que, nessa altura, as eleitas da Coligação Democrática Unitária se abstiveram «por considerarem o valor insignificante e desproporcional tendo em conta o valor da obra, a actual insustentabilidade financeira e a necessidade de aumentar a resposta social deste Equipamento Residencial para Idosos para 39 utentes conforme indicado no projecto», sublinha o mesmo texto. «Actualmente com capacidade para 16 idosos o Lar de S. João pode vir a encerrar pelo que se considera premente que esta preocupação faça parte da agenda do actual executivo camarário e recomenda-se que o apoio a prestar seja no mínimo igual ao que foi concedido aquando da Construção do Lar em Santa Margarida da Coutada (…) Não podemos concordar com o valor de apoio financeiro proposto pelo Senhor Presidente de 100.000,00 euros (17.484,45 euros para parte do projeto e 82.515,55 euros para a obra) por ser manifestamente insignificante tendo em conta o valor estimado da obra na ordem dos 2,6 milhões de euros. Ora, caso a comparticipação máxima atinja os 75% fica a Santa Casa da Misericórdia a suportar cerca 650.000,00 euros a acrescer o valor do projecto na ordem dos 70.000,00 euros, tendo para o efeito de recorrer sempre ao crédito o que apesar de eventualmente beneficiar de uma taxa de juro baixa é sempre um encargo financeiro excessivo para esta instituição».