ATLETISMO – Trilhos dos Templários. Leonardo Diogo vence prova mais longa

ATLETISMO – Trilhos dos Templários. Leonardo Diogo vence prova mais longa

Realizou-se no passado fim-de-semana em Santa Cita, Tomar, a X edição da prova Trilhos dos Templários. A organização pertenceu á A.C.R. de Santa Cita e contou com a colaboração das entidades oficiais do concelho. A prova contou para a “Taça de Portugal da ATRP” e CTR (Circuito Trail do Ribatejo), sendo o evento constituído por uma prova de Trilhos (+/- 30km), Mini-trilhos (+/- 15km), ambos de caráter competitivo e por uma caminhada de andamento livre também de aproximadamente 15Km. Para estas competições e também para a caminhada existia a obrigatoriedade de todos os participantes fazerem-se transportar de recipiente para enchimento de líquidos nos locais de abastecimento (copo ou recipiente similar) e o respetivo dorsal, bem visível durante a prova, sendo ainda aconselhado pela Organização, para todos os participantes levarem telemóvel operacional, calçado apropriado, reserva de água com 1 litro de capacidade, no mínimo, manta de sobrevivência (manta térmica), apito, camelbak ou Cinto com recipiente e cópia ou original de documento de identificação. De registar ainda os tempos limite para a realização dos diferentes percursos: Trilhos 6h00, Mini-Trilhos e Caminhada 04h00. Registo ainda para o elevado numero de participações, terminando 96 atletas nos Trilhos e 366 nos Mini-trilhos e cerca de 180 caminheiros. No que diz respeito á classificação geral, destaque total para o vencedor Leonardo Diogo do Clube Aventura da Madeira que terminou a prova com o tempo de 2h37m12. Na segunda posição terminou uma atleta feminina de seu nome Joke Descheemaeker que correu pelo FZZ e registou no final o tempo de 2h40m33. A fechar o pódio da geral terminou Kevin Batista (Clube Desportivo de Espite) que finalizou com o tempo de 2h42m35, o terceiro classificado masculino foi o seu colega de equipa Arnaldo Santos (2h45m00). Em femininos a segunda classificada foi Inês Mariquitos (Gangue das 6h10) que demorou 3h18m36 para terminar a prova. Em terceiro lugar ficou Célia Sol (Trilho Perdido Eventos / Imporlux) finalizando com 3h20m30. O melhor tomarense nesta prova foi Pedro Anjos do Trilho Perdido Eventos / Imporlux registando no final o tempo de 2h59m37. Por equipas venceu o Clube Desportivo de Espite com 25 pontos, seguido do COA com 65 e em 3º lugar ficaram os Quenianos do Ribatejo com 88 pontos. Classificaram-se 7 equipas. Na prova mais curta o vencedor da geral foi Luís Cancela do Clube Desportivo em Movimento com o tempo de 1h15m30, em segundo e terceiros lugares terminaram dois atletas da mesma equipa, a saber Luís Rufino (1h15m22) e Octávio Vicente (1h15m23). Em femininos venceu a atleta do União FCI de Tomar Maria José Pinto com o tempo de 1h31m30, seguida de Luísa Jorge (1h41m52) do Formigas Runners e em terceiro lugar ficou Rita Maia (1h42m11) do Fátima Trail Team. A melhor posição de um atleta tomarense foi André Rosario (Zona Alta Trail) com o tempo de 1h24m31 logo seguido de Joaquim Cristiano do União FCI de Tomar que terminou na 15ª posição e com o registo de 1h24m49. Por equipas venceu a equipa do Clube Desportivo em Movimento com 6 pontos, seguido da Casa do Povo de Alcanena Trail com 44 pontos, 3º lugar para o Fátima Trail Team com 47 pontos e na 4ª posição ficou o União FCI de Tomar com 86 pontos. Classificaram-se 27 equipas. A organização