Vítor Alexandre (Rio Maior) ficou agastado com a arbitragem em Torres Novas:...

Vítor Alexandre (Rio Maior) ficou agastado com a arbitragem em Torres Novas: «Não houve verdade desportiva… »

As queixas às arbitragens do principal campeonato da Associação de Futebol de Santarém sobem de tom. Semana após semana “assiste-se” a lamentos e críticas dos mais diversos agentes desportivos (dirigentes, treinadores e jogadores), que fundamentam como «injustas» as decisões dos árbitros em alguns dos “palcos” do distrito. O exemplo mais recente centra-se no Torres Novas-Rio Maior, da 15ª jornada da 1ª Distrital. Vítor Alexandre, treinador dos «azuis e brancos», em entrevista à Hertz, garante que a sua equipa foi muito prejudicada no estádio dr. Alves Vieira e explicou-nos porquê: «Na minha opinião sincera, e desculpem-me a sinceridade, mas não houve verdade desportiva no jogo… Perdemos com erros muito graves do árbitro, que errou como nós também erramos. A equipa da União Desportiva de Rio Maior voltou a ser muito prejudicada. Muito prejudicada. E ainda para mais no lance de um dos penalties expulsou-me e ainda ao meu treinador adjunto. E sem razão. Já começa a ser muita coisa… Sempre a prejudicar a União Desportiva de Rio Maior… O clube não fez mal a ninguém. Só está aqui para tentar fazer o melhor campeonato possível mas não tem sido fácil. Não acredito que as pessoas prejudiquem o clube de forma propositada. Mas que às vezes não temos outra maneira de pensar perante as coisas que acontecem, não temos. Repare… eu fui expulso, eu não fui mal-educado, eu não disse uma asneira, eu não chamei nomes ao árbitro… Eu falei num tom com o qual estou agora a falar consigo. Mas fui expulso! Eu fui injustamente expulso! Mas não vai haver justiça. Eu sei que não vai. Vou apanhar uma data de dias por uma coisa que não fiz mas até estou curioso para ver o relatório do árbitro e ver qual o motivo da minha expulsão». Foto futeboldistritalsantarem.pt