VILA NOVA DA BARQUINHA – Pandemia adia chegada do “Bark”… mas investimento...

VILA NOVA DA BARQUINHA – Pandemia adia chegada do “Bark”… mas investimento de 70 milhões não está em causa

A implementação do “Bark – Bioparque de Vila Nova da Barquinha” está adiada. A indicação foi avançada, há já algumas semanas, pelos promotores deste investimento, uma decisão que se justifica com a fase de pandemia em que nos encontramos. Tudo apontava para que o parque começasse a ser uma realidade já a partir de 2021 mas, perante este quadro, será feito um ajustamento ao planeado, sempre em nome da segurança e da saúde pública. Está em causa, recorde-se, um investimento de 70 milhões de euros, sendo que o parque terá por volta dos 40 hectares. Está prevista a criação de 150 postos de trabalho directos. Numa primeira fase, estima-se a presença de 260 espécies animais. A Hertz falou com Fernando Freire, presidente da Câmara de Vila Nova da Barquinha, que fez um ponto de situação sobre este projecto que, recordou, está na fase final do estudo de impacto ambiental: