VILA DE REI – Foram assinalados 736 anos de atribuição de foral...

VILA DE REI – Foram assinalados 736 anos de atribuição de foral por D. Dinis

Vila de Rei comemorou, no dia 19 de Setembro, os 736 anos da atribuição do foral por D. Dinis, numa cerimónia realizada no Parque Multiusos de Vila de Rei e que contou com a presença do Presidente da Assembleia Municipal de Vila de Rei, Paulo Brito, e do Presidente da Autarquia Vilarregense, Ricardo Aires. A iniciativa foi marcada pela entrega dos Apoios à Fixação da População Jovem no Concelho de Vila de Rei, Bolsas de Estudo e Mérito ao Ensino Superior, Bolsas de Mérito do Percurso Escolar, e Bolsas de Permanência Vila de Rei +, medida esta que visa premiar os alunos que completem o seu percurso escolar no Agrupamento de Escolas de Vila de Rei. O Município voltou, desta forma, a apoiar as pessoas que iniciaram a sua vida conjugal e/ou constituíram família recentemente no concelho de Vila de Rei, atribuindo, este ano, 7 subsídios de apoio ao casamento/união de fato, 21 de apoio ao nascimento e 12 de apoio à fixação de residência. Foram também entregues 2 Bolsas de Mérito ao Ensino Superior, 8 Bolsas de Estudo ao Ensino Superior, 15 Bolsas de Mérito do Percurso Escolar, e 9 Bolsas de Permanência Vila de Rei +. De seguida houve lugar à entrega da Medalha de Mérito Municipal às Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria – Comunidade de Vila de Rei, e à Cáritas Diocesana de Portalegre – Castelo Branco. A comunidade de Vila de Rei das Franciscanas Missionárias de Maria foi agraciada com esta distinção pela importância do seu trabalho junto da comunidade mais idosa, nomeadamente junto das IPSSs com apoio espiritual, celebração da palavra e de alguns sacramentos. Ao longo dos anos em que prestam serviço em Vila de Rei, desde 1974, esta congregação desenvolveu ainda trabalhos diversos, como serviços de enfermagem, reuniões de apoio a Alcoólicos Anónimos, entre outros. A Cáritas Diocesana de Portalegre – Castelo Branco recebeu igualmente esta importante distinção, devido à cooperação ativa com o Município de Vila de Rei, com destaque para a intervenção na resposta às vítimas dos fogos florestais que têm fustigado o Concelho. De destacar os apoios específicos após os incêndios de 2003, 2017 e 2019 na recuperação de habitações ardidas, aquisição de rações para animais, cercas e aramadas e a aquisição de diversos bens (como mobiliário, eletrodomésticos, roupa de cama, entre outros) que ascenderam a um total de 129.078,47€.