VILA DE REI – Agrupamento de Escolas e Casa do Idoso receberam...

VILA DE REI – Agrupamento de Escolas e Casa do Idoso receberam o projeto intergeracional ‘@vós.ComTodos’

Projeto intergeracional do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei teve o objetivo de aumentar as vivências entre gerações, num ambiente de afetos e bem-estar, com a parceria da instituição Casa do Idoso da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei. Esta é a sala Zoom, que todas as 6ª feiras, pelas 10h30 da manhã, abriu um mundo entre as crianças do 2º ano do AE de Vila de Rei e os “@vós” da Casa do Idoso. O projeto @vós.ComTodos com o intuito de, através da tradição local e regional, promover as relações entre gerações e assim potenciar competências acadêmicas, sociais e emocionais, foi desenvolvido pela Professora Titular Isabel Neves e Ana Morgado, mentora GAP do Projeto GAP – Gulbenkian Aprendizagem. Ao longo do 3º período, tanto as crianças como os @vós recolheram, registaram e partilharam diversos jogos e brincadeiras, travas línguas, lengalengas, provérbios, quadras e ditos populares, contos tradicionais, lendas, adivinhas, receitas, danças de roda e canções. Para a Dra. Paula, diretora da instituição, o projeto ganhou uma maior relevância, pois “em tempos de confinamento, tempos em que existe um corte com a realidade lá fora, para os utentes principalmente, [este projeto] teve muito mais valor. Foi excecional.” Na sessão final, as crianças estiveram com os @vós, com todas as medidas de prevenção para a COVID-19 salvaguardadas. Houve música e cantorias, trocas de lembranças e mensagens entre as gerações, tornando-se um momento único e emotivo para todos os presentes. O ambiente das sessões foi caracterizado pelos afetos, tal como a aluna Rita Zeferino referiu neste dia: “o amor que há no ar é nosso e passamos para vocês este amor que partilhamos”. As crianças não foram embora sem dizer um olá à @vó Carolina que estava a chegar de uma consulta. O balanço final do projeto foi muito positivo, onde tanto crianças como @vós gostaram dos “nossos convívios”, as sessões e a preparação para estas motivaram as crianças para a leitura e a escrita, houve um envolvimento não só das crianças como também da família, nomeadamente na recolha e registo, as sessões deram lugar a recordações, por parte dos @vós, de quando eram crianças, e ficou o desejo de que, no próximo ano letivo, o projeto continue.