TORRES NOVAS – Quatro doces passam à próxima fase das 7 Maravilhas

TORRES NOVAS – Quatro doces passam à próxima fase das 7 Maravilhas

Bolo de cabeça, figos em calda, Negro de Torres Novas e pastel de feijão foram os doces torrejanos que passaram a 1.ª fase da eliminatória das 7 Maravilhas Doces de Portugal. O Painel de Especialistas votou e ficaram identificados os 420 doces que avançam na eleição das 7 Maravilhas Doces de Portugal®. Agora esta lista será reduzida a 7 doces por distrito ou região autónoma, chegando à lista final de 140 doces que avançam para votação do público. Este Painel de Especialistas é constituído por 140 personalidades, 7 de cada distrito e regiões autónomas. Recorde-se que a organização recebeu 907 candidaturas, num envolvimento sem precedentes de todo o país. Estes 140 doces vão ser revelados a 7 de maio e são votados pelo público em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, nos meses de julho e agosto. De cada programa na RTP sai um pré-finalista que passa às semifinais.

De recordar que o Município de Torres Novas candidatou um total de sete doces. Foram eles:

– Pastel de Feijão de Torres Novas | Produtor Helena Inácio | Categoria Bolo de Pastelaria

– Arroz Doce | Produtor Restaurante Mário Alturas | Categoria Doce de Colher

– Torta de Torres Novas de Mel e Figo | Produtor Carla Aguiar Unipessoal, Lda. | Categoria Doce à Fatia

– Pastel de Torres Novas com Figo | Produtor Carla Aguiar Unipessoal, Lda. | Categoria Bolinhos

– Bolo de Cabeça | Produtor Carla Aguiar Unipessoal, Lda. | Categoria Doces Festivos

– Figos em Calda | Produtor Casa das Rendufas | Categoria Compotas e Mel

– Negro de Torres Novas | Produtor Esteiros Ribatejo | Categoria Doces de Inovação

Esta candidatura pretendeu honrar e reconhecer a doçaria torrejana, pela sua tradição, capacidade de inovação e aposta nos produtos endógenos, nomeadamente o figo, o mel e os frutos secos. As 7 Maravilhas Doces de Portugal® têm o objetivo de eleger os melhores doces de Portugal, enfatizando a tradição e a inovação, associadas a determinada região do país.