TOMAR – Última hora. Grupo de oito pessoas está proibido de entrar...

TOMAR – Última hora. Grupo de oito pessoas está proibido de entrar na cidade como medida de protecção de três mulheres, violentamente agredidas em restaurante

Cinco homens e três mulheres, com idades compreendidas entre os 19 e os 52 anos, estão proibidos de entrar na cidade de Tomar e contactar com as três mulheres que terão agredido, num restaurante, em cenas de extrema violência e das quais resultaram, ainda, mais três agredidos, no caso os acompanhantes das vítimas principais. O grupo está, assim, acusado da prática dos crimes de perseguição agravada, coação agravada e ofensa à integridade física qualificada. Cinco dos suspeitos residem na cidade do Entroncamento, dois na zona de Abrantes e um em Atalaia, Vila Nova da Barquinha. Por aquilo que a Hertz apurou entretanto, uma das vítimas terá sido atacada com recurso a um objecto cortante, o que lhe causou ferimentos graves num braço. Presente, então, ao 1.º Juízo Criminal de Santarém, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, o grupo ficou sujeito a Termo de Identidade e Residência, a medida de proibição de contacto com as vítimas, bem como de frequentar a cidade de Tomar, onde as vitimas se encontram a residir.