TOMAR – Subida nos preços da Tejo Ambiente tem suscitado duras críticas...

TOMAR – Subida nos preços da Tejo Ambiente tem suscitado duras críticas de diversos quadrantes. Anabela Freitas defende empresa como «o caminho certo» para que os munícipes tenham melhores serviços

Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, voltou a demonstrar-se convicta de que a Tejo Ambiente é o caminho «certo» para o futuro do concelho no acesso a serviços como a água, saneamento e tratamento de resíduos. Em recente conferência de imprensa, foi anunciado um aumento na factura ao consumidor, ao que tudo indica a partir de Agosto, sendo que estará em causa um acréscimo de 4,81 euros, isto para um consumo de 10 metros cúbicos de água.

As críticas por parte dos clientes não se fizeram esperar, com a própria qualidade do serviço prestado nas diferentes áreas de atuação da Tejo Ambiente também a ser colocada em causa. Anabela Freitas admitiu que «ainda há muito para fazer», em especial no combate às perdas de água, o que implica renovar «quilómetros de conduta» nos seis concelhos que fazem parte da empresa, casos de Tomar, Ourém, Vila Nova da Barquinha, Sardoal, Ferreira do Zêzere e Mação: