TOMAR – Resultado de análises pedidas pelo Município. Há doze (!) focos...

TOMAR – Resultado de análises pedidas pelo Município. Há doze (!) focos suspeitos da poluição no Nabão

A indicação é avançada num esclarecimento da Câmara de Tomar enviada para a redacção da Hertz: «(…) de todo o curso do rio Nabão, foram detetadas doze possíveis origens da poluição registada», cenário este que surge na sequência das análises pedidas pelo Município após os recentes episódios de poluição que tiveram (e têm) o Nabão como alvo. Sublinhe-se que essas suspeitas não são concretizadas, ou seja, o texto em causa não aponta os nomes dos eventuais responsáveis. E depois de tantos meses e de tantas ocorrências parece que só agora é que as autoridades (em especial a APA) acordaram verdadeiramente para este problema, situação que coloca em causa a saúde pública de quem lida de perto com as águas do rio. Recorde-se que nesta quarta-feira houve lugar a uma reunião entre Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, e o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, encontro esse onde também estiveram um representante da Agência Portuguesa do Ambiente e Hugo Costa, deputado tomarense eleito para Assembleia da República. No citado esclarecimento, refira-se que a autarquia nabantina adianta que na segunda-feira será realizada nova reunião, neste caso com o Município de Ourém e a APA.