TOMAR – PSD reage ao fecho da escola Infante D. Henrique: «Decisão...

TOMAR – PSD reage ao fecho da escola Infante D. Henrique: «Decisão com consequências imprevisíveis e perturbadoras da vida de muitas famílias»

O Partido Social Democrata de Tomar reagiu, em comunicado, à notícia – avançada pela Hertz – relativa ao encerramento, no próximo ano lectivo, da Escola Infante D. Henrique. O texto refere, então, que está em causa «uma decisão não discutida no seio do executivo camarário e da assembleia municipal, órgãos responsáveis pela gestão do município, à revelia das direções escolares, dos funcionários, das associações de pais e dos alunos. Um processo de decisão onde apenas o diretor do agrupamento, Paulo Macedo, foi envolvido e cuja fundamentação é totalmente desconhecida, o que toma proporções particularmente graves numa área tão sensível e importante como a educação». Os sociais-democratas referem até que «uma decisão desta natureza, com consequências imprevisíveis e perturbadoras da vida de muitas famílias, deveria ser debatida de forma aberta e transparente. Estão em causa alterações significativas às rotinas familiares, aos ambientes escolares e formativos de centenas de crianças e de jovens, havendo fundadas dúvidas quanto às condições das atuais instalações da Escola Gualdim Pais para acolher alunos do 1º ciclo. O PSD de Tomar não pode deixar de repudiar, mais uma vez, a forma autoritária de governação municipal socialista, desprezando autarcas eleitos e a comunidade num assunto da maior importância para o futuro de Tomar».