TOMAR – PSD lamenta que propostas apresentadas durante os últimos meses fiquem...

TOMAR – PSD lamenta que propostas apresentadas durante os últimos meses fiquem na gaveta de PS e CDU

O Partido Social-Democrata, pela voz do vereador João Tenreiro, apontou o dedo a Partido Socialista e Coligação Democrática Unitária, justificando estes lamentos pela não-discussão de diversas propostas que já foram apresentadas pelos eleitos do PSD em torno de diversas áreas, sendo que a criação do Conselho Municipal do Ambiente, o IMI Familiar e o Portugal 2020 sobressaem neste rol de queixas. João Tenreiro acusa a maioria que gere a autarquia de partidarizar estes assuntos que, sublinhou, são de claro interesse para o concelho de Tomar: «Parece-me que a partidarização de algumas propostas tem sido timbre por parte de V. Exas… Parece-me que a senhora presidente tem dois pesos e duas medidas relativamente às propostas do PSD. Quando apresentámos a proposta do Conselho Municipal do Ambiente, que foi chumbada pelo PS e pela CDU, se calhar este Conselho viria alargar a discussão sobre esta questão dos fogos, prevenindo-os e procurar pessoas com outras experiências nesta matéria. O seu partido diz que o PSD é contra as obras nas freguesias porque votámos contra um documento que é ilegal. Mas a verdade é que nós somos a favor das obras, vocês é que são contra. Mas, agora, podíamos fazer também um comunicado e dizer que PS e CDU são contra o ambiente por terem chumbado o Conselho Municipal. Também se quer da oposição que apresente propostas… Mas há mais de três meses que estamos à espera do IMI Familiar e do Portugal 2020. Até hoje ainda não estudos sobre isto? Não trazer estes assuntos é partidarizar as questões».