TOMAR – PSD exige regresso da urgência médico-cirúrgica ao Hospital Nossa Senhora...

TOMAR – PSD exige regresso da urgência médico-cirúrgica ao Hospital Nossa Senhora da Graça

A bancada do Partido Social-Democrata na Assembleia Municipal de Tomar apresentou uma Moção onde considera como imperativo o regresso das urgências médico-cirúrgicas ao Hospital Nossa Senhora da Graça, manifestando, nesse mesmo texto, o repúdio pelas declarações prestadas por Casimiro Ramos, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, que – recorde-se – em Março último, descartou o regresso dessa valência a Tomar, pelo menos «para já». O PSD insta mesmo que se manifeste, junto do CHMT, «a exigência do regresso» da urgência e que se exija à Ministra da Saúde «que inicie todas as diligências necessárias, no sentido de iniciar a reestruturação do Centro Hospitalar, fazendo regressar a valência» ao Hospital Nossa Senhora da Graça. João Tenreiro, líder da bancada do PSD, disse mesmo que enquanto a referida unidade não tiver a urgência médico-cirúrgica «pode ser chamada de tudo, menos de hospital»:

Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, recordou que já se conseguiu fazer regressar a Medicina Interna ao hospital Nossa Senhora da Graça, não deixando – porém – de reforçar que é objetivo voltar a beneficiar da urgência médico-cirúrgica: