TOMAR – PSD acusa Câmara Municipal de «perturbar o quotidiano de moradores»...

TOMAR – PSD acusa Câmara Municipal de «perturbar o quotidiano de moradores» por «ter negado estacionamento alternativo nas imediações da Feira de Santa Iria»

Num comunicado enviado para a redacção da Hertz, a Concelhia de Tomar do Partido Social-Democrata acusa a Câmara Municipal de «perturbar o quotidiano de dezenas de moradores» por «ter negado estacionamento alternativo nas imediações da Feira de Santa Iria». O PSD apresentou, na recente reunião do executivo, uma proposta nesse sentido, ou seja, quis que a autarquia proporcionasse o estacionamento gratuito para residentes no parque do pavilhão desportivo. Para residentes nas áreas envolventes à realização do evento, refira-se. Mas a verdade é que a proposta foi chumbada pelo Partido Socialista, o que leva agora os sociais-democratas a dizer que a Feira só não se realiza na Várzea Grande «por teimosia do PS e não por necessidade uma vez que, mesmo correndo bem o concurso público, nunca a obra estaria a decorrer durante este mês de outubro», garante o PSD, que refere, ainda, que os moradores «ao verem ser ocupados os estacionamentos mais próximos – Parque de Estacionamento de Santa Iria, do Centro de Emprego e do Mercado Municipal – ficam sem alternativas viáveis para deixar o carro durante quase um mês». O assunto, foi, então, discutido na recente reunião do executivo, altura em que o vereador José Delgado, do PSD, apontou o dedo ao Departamento de Obras Municipais: