TOMAR – Proteção Civil interditou antigas instalações do CIRE devido a «fendas...

TOMAR – Proteção Civil interditou antigas instalações do CIRE devido a «fendas relevantes» em algumas paredes e janelas

As instalações do Centro de Integração e Reabilitação de Tomar, neste caso as mais antigas, foram interditadas pela Proteção Civil. A direção desta instituição tomarense pediu um parecer aos serviços municipais competentes perante a deteção de fendas relevantes em algumas paredes e janelas, sendo que foi então decidido fechar as atividades naquele imóvel, que acolhia o Apoio Sócio-Educativo (crianças e jovens até aos 18 anos), a Creche e o Centro de Recuperação para a Inclusão. Estas valências foram agora transferidas para o antigo CAT, no edifício da Misericórdia de Tomar, que cedeu este espaço à Cáritas de forma temporária. Este assunto foi, aliás, tema em análise na recente reunião da Câmara de Tomar, altura em que Luís Ramos, vereador do Partido Social-Democrata, apresentou uma proposta no sentido de que a autarquia possa ajudar o CIRE, não só ao nível das instalações mas também em apoios aos alunos:

Hugo Cristóvão, vice-presidente da Câmara de Tomar, deu, na resposta, a novidade de que os utentes do CIRE irão ter acesso a algumas atividades de enriquecimento curricular já a partir deste ano letivo. Quanto ás instalações, o eleito do PS até recordou que está em causa um edifício municipal: