TOMAR – Polémica em torno do antigo edifício dos SMAS. «Vale a...

TOMAR – Polémica em torno do antigo edifício dos SMAS. «Vale a pena ter meio milhão de euros empatados em tribunal por causa de um imóvel?»

Não há desenvolvimentos em torno do processo que envolve o edifício onde funcionaram os extintos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Tomar, imóvel situado na Praça da República. O ponto de situação foi feito por Anabela Freitas, presidente da autarquia nabantina, em recente sessão do executivo, altura em que deu conta de que não há novidades por parte do Tribunal Administrativo e Fiscal de Évora – que está a avaliar este diferendo.

 

Recorde-se que a Câmara avançou para a via judicial no sentido de impugnar a venda do referido imóvel, vendido pelo anterior proprietário por uma verba a rondar os 550 mil euros. Assim aconteceu em 2018, altura em que a autarquia considerou que o seu direito de opção de compra não foi respeitado. Agora, neste ponto de situação, Anabela Freitas deixou no ar a dúvida: «vale a pena ter meio milhão de euros empatados por causa de um edifício»?: