TOMAR – “Paraíso” assinala, hoje, 109 anos de existência. Café é um...

TOMAR – “Paraíso” assinala, hoje, 109 anos de existência. Café é um autêntico ‘livro’ da história nabantina

O Café Paraíso completa, nesta quarta-feira, 109 anos de existência. Basta olhar para este percurso e ficamos com a certeza de que está em causa uma referência cultural do concelho de Tomar, da região e, porque não dizê-lo, de Portugal. São raros os espaços comerciais que podem gabar-se de semelhante história. A inauguração foi, assim, a 20 de maio de 1911. De então para cá, o “Paraíso” fez-se com altos e baixos, com amizades principalmente, num verdadeiro ponto de encontro de gerações de tomarenses e não só. Para assinalar este aniversário, a Hertz falou com Alexandra Vasconcelos, gerente do “Café” desde o início da década de 90 e neta de um dos nomes que está na base deste percurso, precisamente Manuel Mota Grego. Ficou um olhar ao passado, ao sentimento de dever cumprido e ainda uma perspectiva a um futuro incerto devido à pandemia que atravessamos: