TOMAR – ‘Os Quatro Unidos’, de São Miguel, comemoraram 34 anos de...

TOMAR – ‘Os Quatro Unidos’, de São Miguel, comemoraram 34 anos de existência

A Associação Cultural e Recreativa Os Quatro Unidos, de São Miguel, situada em plena União das Freguesias de Madalena e Beselga (concelho de Tomar), comemorou, no domingo, dia 16 de outubro, os seus 34 anos, com a presença de largas dezenas de associados e amigos. O presidente da Assembleia Geral da coletividade, Paulo Mendonça, lamentou a não comparência de elementos do executivo camarário: “A Câmara Municipal primou pela ausência não se fazendo representar por nenhum dos seus sete membros (uma presidente, três vereadores com da governação com pelouros atribuídos e três vereadores da oposição sem pelouros atribuídos) notamos a ausência, registamos e lamentamos, mas que certamente a Santa Iria lhes perdoaria”. O mesmo dirigente dirigiu-se a todos os que possibilitam a organização deste convívio, “começo por agradecer a toda a equipe que ano após ano nos vão preparando este almoço e que peço que venham aqui e nelas presto sincera e sentida homenagem a quem recentemente partiu deste mundo certamente para o mundo dos bons e dos justos obrigado por toda a “felecidade ” que nos proporcionou. Também aos nossos fundadores e aos restantes sócios já falecidos, o nosso profundo agradecimento, jamais os esqueceremos”. Sobre o ano em curso, “o ano de 2022, foi o regresso á normalidade do espírito tão português de convívio popular de que as Associações são o grande mentor, parabéns a todos os dirigentes associativos, também eles foram heróis durante esta pandemia, que com sentido de responsabilidade souberam enfrentar e ajudaram a alegrar os nossos dias. Também OS QUATRO UNIDOS estiveram á altura destes tempos exigentes. Os bons resultados financeiros obtidos durante esta fase, são fruto desta nossa característica, tentamos sempre fazer mais com menos, não gastamos, investimos, temos sempre em mente a relação custo/benefício, só assim servimos mais e melhor os nossos associados, razão única de ser da nossa existência. Esta postura de boa e correta gestão dos recursos e permite-nos honrar e mesmo antecipar compromissos assumidos, e refiro-me concretamente á completa e integral regularização de pagamentos para com ex funcionárias do ATL – parabéns e obrigado à direção. Assim iremos entrar no ano de 2023 com a casa arrumada. Paulo Mendonça, não esqueceu os desafios futuros, “temos pela frente um novo desafio – a regularização das nossas instalações, a qual é agora possível de acordo com o novo P.D.M. aprovado – não me quero alongar sobre o tema, apenas acrescento que já reunimos com a Câmara Municipal de quem esperamos toda a colaboração, encontrando-se já uma empresa a trabalhar o assunto. Por fim e por imperativo estatutário e da função informo que irão ser marcadas eleições para os corpos sociais, e lanço daqui um repto a todos mas especialmente aos jovens para que venham para o mundo Associativo, não tenham medo de se oferecerem e de dizerem que querem participar. As pessoas, com o seu trabalho, o seu empenho, a sua dedicação e a sua boa vontade, são o mais importante ativo detido por qualquer organização nomeadamente pelas Associações”.

A presidente da direção da coletividade, Sónia Ferreira, deixou o seu “agradecimento merecido a todas as pessoas que de uma forma anonima e desinteressada ajudam a Associação. Há pessoas que se dedicaram a esta associação, ao longo de muitos anos, por vezes uma vida inteira, dedicam os seus tempos livres a estas causas, com sacrifício do seu descanso, dos tempos de convívio familiar e, por vezes, até profissional. E a medida que vamos cumprindo o nosso plano de atividades é bem visível. Todos veem ajudar a associação, há dedicação e uma grande união de grupo. E é nesse sentido que não posso deixar de agradecer a todos, que trabalharam e que se uniram para manter viva a nossa associação. E os jovens? Os nossos jovens. Estiveram tao bem nas nossas festas. também estão de parabéns. Já podemos contar com alguns, mas precisamos de mais, pois eles são o futuro. Particularmente nesta ocasião, a nossa Associação precisa de manter a União, Determinação, ideias novas e a mesma boa vontade de sempre. Só com a ajuda de todos é possível irmos mais longe. Em breve os associados serão chamados a eleger novos corpos sociais, e dessas eleições sairão novos dirigentes que irão herdar uma estrutura bem organizada, e financeiramente estável, o que nos dias que correm, parece estar em contraciclo com a realidade nacional, mas só assim ganhamos o respeito, da comunidade e dos seus dirigentes. A todos os problemas respondemos sempre da mesma forma, trabalhando”. A dirigente recordou, uma vez mais que, “gostamos de estar cada vez mais ao serviço de todos. E de ser ponto de encontro para a comunidade envolvente. E claro continuar a desenvolver novos projetos. E é assim que os quatro unidos estão de olhos postos no futuro, sendo responsáveis pelo presente, orgulhamo-nos já do nosso passado, e homenageamos com enorme respeito os nossos antecessores, os nossos fundadores e todos os que de alguma forma contribuíram para esta obra, hoje vamos homenagear os nossos sócios que fazem este ano 25 anos de associados”. Manuel Subtil