TOMAR – Marco que estava no mercado “separa” Junta Urbana de Casais....

TOMAR – Marco que estava no mercado “separa” Junta Urbana de Casais. Anabela Freitas deixou “reparos” à actuação de António Rodrigues

O Marco indicador da “divisão” entre São João Baptista e Santa Maria dos Olivais – colocado no mandato de António Rodrigues e retirado, há alguns meses, a pedido do actual presidente da Junta, Augusto Barros – irá ficar na Nacional 110, precisamente na “fronteira” entre Casais e a freguesia urbana. Esta intenção foi avançada, na reunião da Câmara de Tomar realizada nesta segunda-feira, pela presidente Anabela Freitas, na sequência de um pedido de esclarecimento por parte do vereador Pedro Marques. O eleito dos IpT quis saber se aquilo que Augusto Barros afirmou numa recente Assembleia de Freguesia correspondia à verdade, ou seja, o autarca terá justificado a retirada do Marco da zona do mercado municipal com uma decisão da maioria do executivo, sendo que, convém sublinhar, o assunto nem chegou a reunião da autarquia. Anabela Freitas falou em «encontro de vontades» e deixou reparos à forma como a Junta de António Rodrigues ocupou espaço público sem ter competência para tal: «Foi um encontro de vontades… Mas recordo que a Junta não tem competência no que diz respeito à ocupação de espaço público. Quando aquele Marco lá foi colocado, a Câmara não deu autorização, a exemplo do que aconteceu com a casa dos patos, processo em que a Junta decidiu usufruir do espaço público sem ter competência para o fazer. O senhor presidente da Junta manifestou vontade de o Marco ser colocado noutro local, entre Casais e a Junta Urbana. Estamos a aguardar que o senhor presidente de Junta nos diga qual é o local preciso para colocarmos o Marco».