TOMAR – Juntas do PSD criticam opções da Câmara em época de...

TOMAR – Juntas do PSD criticam opções da Câmara em época de fogos: «Não há dinheiro para equipamentos de protecção porque parece que há festas e campanhas eleitorais para realizar»


Alexandre Horta, presidente da Junta de Além da Ribeira/Pedreira, e João Luís Alves, presidente da freguesia de Casais/Alviobeira, juntaram as suas vozes às críticas endereçadas pelo Partido Social-Democrata de Tomar em torno do suposto financiamento de um convívio que terá lugar em Setembro próximo, destinado a quem participou na recente Festa dos Tabuleiros, convívio esse, recorde-se, que o PSD refere ter financiamento da Câmara nabantina, numa medida considerada como «eleitoralista». E, neste particular, tanto Alexandre Horta como João Luís Alves chamaram a atenção para o facto de as suas Juntas tenham suportado um investimento considerável para que as freguesias pudessem engrandecer a Festa… quando há prioridades no dia-a-dia das respectivas populações. E, enquanto isso, lamentam, a Câmara avança para outro tipo de gastos. João Luís Alves, por exemplo, deu conta de que as obras de ampliação do cemitério de Casais ficaram para segundo plano… porque o dinheiro já não chega. Alexandre Horta também se referiu ao «esforço enorme» que consiste para a sua Junta participar na Festa, num investimento a rondar os nove mil euros. O presidente de Além da Ribeira/Pedreira lamenta que a Câmara não dê ouvidos à freguesia, que necessita de apoio para se prevenir contra os incêndios. Assista ao vídeo com estas intervenções.