TOMAR – Investidores israelitas e norte-americanos querem comprar imóveis no centro histórico...

TOMAR – Investidores israelitas e norte-americanos querem comprar imóveis no centro histórico e adaptá-los a alojamentos turísticos

Investidores provenientes de Israel e dos Estados Unidos da América irão visitar Tomar, dentro da primeira quinzena de Abril, para avaliar oportunidades de negócio no designado centro histórico. Ou seja, o objectivo passa por adquirir imóveis e adaptá-los a unidades locais de alojamento turístico. A indicação foi confirmada na Hertz por Anabela Freitas, presidente do município nabantino, sendo que estas visitas surgem na sequência da presença da presidente na Feira de Turismo de Telavive, em Israel, onde há uma forte ligação da comunidade judaica com Tomar, via sinagoga. Anabela Freitas disse acreditar que os investidores estão mesmo empenhados em fechar negócios: «Penso que há razões para pensar que estes contactos são meras sondagens… Na sequência da minha ida a Israel, decorreram algumas conversas com investidores israelitas e norte-americanos, que já trabalham no Porto e em Braga, sendo que está em causa a comprar de imóveis no centro histórico, remodelando-os e transformando-os em alojamento não formal, para unidades de alojamento local. Mais do que nunca, o turista quer um turismo de vivência, ou seja, não procuram o tradicional hotel mas sim ir ao mercado, são eles que compram as coisas, fazem o seu dia-a-dia… São pessoas que gostam de conviver com a população local e usufruir daquilo que existe em redor das ditas unidades de alojamento. Posso adiantar que na primeira quinzena de Abril, estes investidores irão visitar Tomar e a Câmara será intermediária entre estas pessoas e os proprietários dos imóveis em causa. Resta, depois, saber se haverá mesmo negócios concretizados».