TOMAR – Hospital sem urgência médico-cirúrgica. Falta peso político ao território nabantino,...

TOMAR – Hospital sem urgência médico-cirúrgica. Falta peso político ao território nabantino, concluiu-se no «Concelho em revista»

Como não podia deixar de ser, o tema “saúde” esteve em foco no recente «Concelho em Revista», da Hertz, onde os comentadores António Paiva e António Alexandre fizeram um ponto de situação em torno dos assuntos que têm marcado a actualidade no concelho de Tomar. E, claro, a entrevista exclusiva do ex-secretário de Estado da Saúde à Hertz esteve em cima da mesa, em especial as declarações que garantem que a Unidade Hospitalar Nossa Senhora da Graça não voltará a ter, nos próximos tempos, a urgência médico-cirúrgica. António Paiva começou por criticar Manuel Delgado para depois referir que está a falhar a comunicação entre a Câmara de Tomar e o Governo. António Alexandre, por sua vez, disse que as pessoas já se habituaram a viver com esta situação, ou seja, com a falta de valências no Hospital, não hesitando em dizer que falta peso político a Tomar. Assista à edição desta sexta-feira no formato vídeo editado pela Hertz.