TOMAR – Forças partidárias alinham no bem comum e deixam aviso ao...

TOMAR – Forças partidárias alinham no bem comum e deixam aviso ao CHMT e à tutela: com a saúde da população não se brinca!

O executivo da Câmara Municipal de Tomar, executivos das Juntas de Freguesia, Comissão de Saúde da Assembleia Municipal e o presidente daquele órgão autárquico, reuniram, ao final da tarde desta terça-feira, e sublinharam a «importância da existência de urgências diferenciadas e medicina interna no Hospital de Tomar, sem qualquer prejuízo na prestação de cuidados nas outras unidades do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), mas garantindo que os cidadãos dos concelhos de Tomar, Ourém e Ferreira do Zêzere sejam melhor servidos numa prestação de cuidados de maior proximidade».

Num texto enviado para a redacção da Hertz pelos serviços de comunicação da Câmara de Tomar, fica patente a «vontade unânime de partir para o diálogo com a administração do Centro Hospitalar e a tutela com vista à resolução deste problema que prejudica toda a população destes concelhos, mas não pondo de parte a eventualidade de recorrer a tomadas de posição mais firmes caso não seja possível chegar a um consenso», alerta o comunicado. Nesse sentido, aliás, está já agendada para dia 23 de Dezembro, pelas 10 horas da manhã, uma reunião da presidente da Câmara de Tomar com o ministro da Saúde para debater este tema.