TOMAR – Falta de separativos no centro histórico é a razão para...

TOMAR – Falta de separativos no centro histórico é a razão para a saída de esgotos domésticos à superfície na Levada

A falta de separativos no centro histórico de Tomar está na origem do aparecimento de esgotos domésticos à superfície em alturas onde há registo para chuva intensa. Pelo menos assim já aconteceu por duas a três vezes, dentro dos últimos meses, na rua Everard, em frente às Finanças, onde residentes, automobilistas e peões se deparam com um cenário indesejável. O assunto é de tal forma complexo que só com uma remodelação das condutas da parte antiga da cidade é que os problemas seriam resolvidos, obras para as quais será necessário o recurso a muitos milhões de euros. Luís Ramos, vereador do Partido Social-Democrata, questionou a presidente de Câmara, Anabela Freitas, sobre os motivos que conduzem ao referido cenário, tendo ficado claro que o sistema em alta é competência da empresa Águas de Lisboa e Vale do Tejo: