TOMAR – Duras (e graves!) críticas de Américo Pereira aos SMAS.

TOMAR – Duras (e graves!) críticas de Américo Pereira aos SMAS.

9MzH1qAmérico Pereira, presidente da União de Freguesias Serra/Junceira, referiu-se aos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Tomar como a «brigada dos costumes». O autarca não poupou nas palavras e disse que os SMAS «intimidam e assustam as pessoas», «obrigando-as a pagar taxas e depois dar baixa dos contadores».

Américo Pereira disse, ainda, que se os Serviços precisam de dinheiro então «que façam um peditório à porta da Igreja»: «A brigada dos costumes dos Serviços Municipalizados continua a actuar à força toda… Intimida as pessoas e esquecem-se que uma boa parte do território nem conduta tem. Na informação escrita, diz que há vinte novos contratos. Espectacular. Dirão os responsáveis: bom, afinal a brigada dos costumes fez um bom trabalho. Vamos à outra parte: 24 processos de corte de água; baixas de contadores… vinte. Quantos é que foram ligados depois? Um! A brigada dos costumes, depois de andar a assustar as pessoas, dizem-lhes para irem aos serviços municipalizados para pedirem a ligação. E, depois, passados uns dias, dizem-lhes para irem dar baixa do contador. Isto é vergonhoso. Parecem quase uns papões a assustar as pessoas. Se os serviços não têm dinheiro então façam um peditório à porta da igreja. Andar a obrigar as pessoas a pagar taxa e com a recomendação de que têm que dar baixa dos contadores, isto é uma vergonha!». Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, confrontada com estas graves queixas, pediu a Américo Pereira para que lhe denunciasse esses eventuais procedimentos dos SMAS, sendo que nestas declarações, a propósito do saneamento, a autarca recordou que o concelho tem que chegar aos 95% da área abrangida até 2017, caso contrário haverá multas a caminho.

Siga-nos no Facebook