TOMAR – Coronavírus.. Concelho é ‘responsável’ por cerca de 30% das infeções...

TOMAR – Coronavírus.. Concelho é ‘responsável’ por cerca de 30% das infeções ativas no Médio Tejo

Há, nesta altura, 236 infeções covid19 ativas no Médio Tejo, sendo que o concelho de Tomar é ‘responsável’ por cerca de 30% desses contágios. Os casos mais recentes dizem respeito a Torres Novas, com sete, e ao Entroncamento e, precisamente, ao território nabantino, ambos com mais três testes positivos, agora num total regional de 15242 detetados desde o início da pandemia. Recorde-se que as autoridades de saúde deram alta a 14617 pessoas. Há a lamentar 398 mortes associadas a esta doença.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Tomar continua como o concelho com maior número de casos ativos, num total de 71, seguindo-se Ourém, com 44, e Torres Novas, com 37.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (3531 infeções, 3401 recuperações e 86 óbitos. 44 infeções ativas), Tomar (2851 casos, com 2722 recuperados e 58 óbitos. 71 infeções ativas), Torres Novas (2387 casos, 2284 recuperações e 66 mortes. 37 infeções ativas), Abrantes (1849 infetados, 1754 estão curados e 71 mortes. 34 infeções ativas), Entroncamento (1418 infeções, 1357 recuperados e 23 mortes. 38 infeções ativas), Alcanena (1236 casos, 1186 recuperações e 43 vítimas mortais. Seis infeções ativas), Ferreira do Zêzere (680 casos, 644 dos quais já recuperados e 18 vítimas mortais. 18 infeções ativas), Mação (506 infeções, 483 recuperados e 17 óbitos. Seis infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (325 casos, 316 dos quais dados como curados e nove mortes. Não tem infeções em curso), Constância (260 infeções, 254 das quais já recuperadas e quatro mortes. Duas infeções ativas) e Sardoal (222 casos e 216 recuperados e cinco óbitos. Uma infeção ativa).