TOMAR – Convívios e cultura regressam, aos poucos, à desejada normalidade. Centro...

TOMAR – Convívios e cultura regressam, aos poucos, à desejada normalidade. Centro Cultural da Torre assinalou 43 anos

Cumpridos dois anos de interregno devido ao contexto de pandemia, estão de volta – ainda que aos poucos – os convívios e demais celebrações das associações nabantinas, sendo que nestes últimos dias, por exemplo, o destaque esteve centrado na comemoração dos 43 anos de existência do Centro Cultural e Recreativo da Torre, para além do tradicional almoço promovido pelos ‘Quatro Unidos’, da Madalena, e ainda pelo convívio de recolha de fundos da Associação Recreativa Académica de Cabeças, freguesia urbana. Fotos Manuel Subtil