TOMAR – Cidadãos não ficam de fora na “luta” pela saúde: está...

TOMAR – Cidadãos não ficam de fora na “luta” pela saúde: está a circular abaixo-assinado que exige regresso da medicina interna e da urgência

A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Tomar, em parceria com a representação da Saúde do Médio Tejo, está a promover um abaixo-assinado, sendo que o objectivo passa por fazer chegar à Assembleia da República, ao Ministro da Saúde e ao presidente do Centro Hospitalar o regresso necessário da medicina interna e da urgência médico-cirúrgica ao Hospital de Tomar. O texto que já circula refere que «Abrantes sempre teve medicina interna, para Torres Novas regressa em Janeiro… e Tomar?». Este movimento acompanha, desta forma, as diferentes forças políticas do concelho nabantino que, ainda nesta terça-feira, entenderam por bem concentrar esforços numa consensual tomada de posição a favor, precisamente, do regresso das referidas valências ao Hospital Nossa Senhora da Graça. Recorde-se que esta unidade ficou sem estes serviços no ano de 2012, por ocasião da polémica reestruturação do Centro Hospitalar do Médio Tejo, processo onde Tomar e a respectiva população, sem esquecer Ourém e Ferreira do Zêzere, ficaram, efectivamente, a perder. Até 15 de Janeiro, o abaixo-assinado irá estar disponível para quem queira aderir. O objectivo dos promotores passa por colocar o documento em todo o concelho de Tomar, desde cafés, associações e outros estabelecimentos comerciais. Os interessados podem tirar outras dúvidas através do mail cusp.tomar@gmail.com ou então pelo número 919096490.