TOMAR – CDU refere que há famílias que são ajudadas por diversas...

TOMAR – CDU refere que há famílias que são ajudadas por diversas entidades… e outras pessoas «que precisam nada recebem»

Num comunicado enviado para a redacção da Hertz, a Coligação Democrática Unitária apresenta um conjunto de propostas tendo em consideração a área de abrangência da freguesia urbana de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais. Está em causa, acrescente-se, o Orçamento para 2020, sendo que a CDU refere como prioritárias as áreas relacionadas com o desenvolvimento económico, o combate às alterações climáticas, a limpeza do rio Nabão, a melhoria da articulação entre Junta e Câmara e ainda a acção social e combate à pobreza. Eis o comunicado que chegou à nossa redacção:

«Desenvolvimento económico nossa freguesia, a falta de respostas adaptadas às empresas no parque empresarial de Tomar, nomeadamente condições de saneamento e infraestruturas tem inviabilizado a implementação de empresas, a criação de empregos e consequentemente fixação de população. Aposta no desenvolvimento económico local e favorecer o comércio local.

– Combate às alterações climáticas, encontrando soluções eficazes, no que diz respeito a elaboração de um plano estratégico verde (Plano Verde) plantação de árvores e outra vegetação; soluções de mobilidade urbana; diminuição de utilização veiculo próprio; aposta em carros amigos do ambiente com energia elétrica através de posto de carregamento elétrico; melhorar os transportes coletivos em termos de qualidade e oferta, melhorando o serviço rodoviário e ferroviário, com mais autocarros e comboios e horários adaptados aos utentes (mais oferta de horário em inter-regionais).

– Limpeza do Rio Nabão (cartão de vista da nossa cidade), não é suficiente o assoreamento do rio, mas sim mantê-lo sempre limpo, controlo do caudal, pôr termos as descargas poluentes com soluções concretas antes de chegar à cidade (é inadmissível a poluição dos plásticos quando há mercado).

– Articulação entre a Junta de freguesia e a câmara precisa de ser melhorada e existir efetivamente, nomeadamente no setor da educação, uma vez que deveríamos participar nas decisões sobre o futuro da educação na freguesia (relativamente à delegação de competência na manutenção das escolas). A Junta de Freguesia deverá contribuir plenamente na elaboração do Plano Educativo Municipal.

– Ação social e combate à pobreza, sendo necessário a articulação entre as várias entidades de apoio social, porque continuam a distribuir às mesmas famílias (que recebem de várias entidades) em detrimento de outras que precisam e ainda não recebem. Este apoio à família não deverá ser unicamente centrado na distribuição de bens físicos (alimentares e vestuário entre outros), mas sim também a criação de apoio na organização familial, no sentido de estas receberem também acompanhamento e o desenvolvimento de competências parentais».