TOMAR – Câmara aposta na tecnologia e pretende sensores para detectar roubos...

TOMAR – Câmara aposta na tecnologia e pretende sensores para detectar roubos de água e para avaliar qualidade do Nabão e do ar que respiramos

O Município de Tomar aprovou, em reunião de Câmara, a autorização prévia para compromissos plurianuais com iluminação pública. Em causa estão gastos da ordem dos 900 mil euros, valor que a autarquia quer diminuir e associar a outros serviços. Para o efeito será lançado um concurso para uma Empresa de Serviços Energéticos que, como referiu a presidente Anabela Freitas, terá como primeiro objetivo substituir todas as luminárias por tecnologia LED: