TOMAR – Ânimos exaltaram-se na Assembleia. João Luís Alves acusa Anabela Freitas...

TOMAR – Ânimos exaltaram-se na Assembleia. João Luís Alves acusa Anabela Freitas de perseguir as freguesias do PSD

Os ânimos exaltaram-se como raramente visto naquela que foi a última Assembleia Municipal de Tomar de 2018… onde também se terá batido o recorde de duração de uma sessão. Neste caso, os trabalhos começaram pelas 15h30… e terminaram às 23h30, uma autêntica maratona que teve, então, como ponto de discórdia maior a atribuição de apoios financeiros da Câmara às Juntas de Freguesia. João Luís Alves, presidente de Casais/Alviobeira, não poupou nas palavras e num tom exaltado falou mesmo em perseguição aos territórios geridos pelo PSD e em “caça à sua freguesia”, lamentando “ter de andar a mendigar”. Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, reagiu às duras acusações de João Luís Alves para dizer que o autarca ” tem memória curta”, referindo que “estava a ser acusada de práticas do passado”, não deixando de denunciar os “jeitos que se faziam” nessa altura.