TOMAR – Ânimos exaltados na Câmara. Célia Bonet quis saber se o...

TOMAR – Ânimos exaltados na Câmara. Célia Bonet quis saber se o Município paga (ou pagou) propinas a alguém da vereação. Hugo Cristóvão fala em suspeita «totalmente falsa»

Os ânimos aqueceram – e de que maneira! – na recente sessão da Câmara de Tomar, neste particular em torno de uma acalorada discussão entre os vereadores Célia Bonet e Hugo Cristóvão. Tudo começou quando a eleita do Partido Social-Democrata quis “tirar a limpo” se o Município pagou ou está a pagar propinas relativas a um curso universitário que «um eleito» estará a frequentar, sendo que quando se fala em «eleito» – excluindo hipóteses – está em causa, como é óbvio, alguém da vereação socialista. O vice-presidente da Câmara catalogou esta suspeita como «totalmente falsa», apontando o dedo «a uma pessoa em concreto» que «teima em levantar suspeitas em torno deste executivo», pessoa essa que, acrescentou, «não tem em consideração o seu passado», criticou Hugo Cristóvão, aqui sem revelar o nome do “alvo”, sendo de acreditar que estaria a falar de alguém que desempenhou recentemente funções na autarquia: