TOMAR – Anabela Freitas justifica suspensão da sirene dos bombeiros com medo...

TOMAR – Anabela Freitas justifica suspensão da sirene dos bombeiros com medo sentido pelas crianças ucranianas: «Elas entravam em pânico!» (c/vídeo)

O concelho de Tomar tem, nesta altura, 69 refugiados da guerra na Ucrânia, na esmagadora maioria mulheres e crianças. Em entrevista à Hertz, Anabela Freitas, presidente da autarquia nabantina, confirmou este indicador, adiantando que, por agora, o Município já fez saber que não irá receber mais pessoas nessas condições, um cenário que será avaliado no decurso dos próximos tempos. Para já, referiu-nos a autarca, está em curso o processo de integração que se deseja o mais normal possível. Anabela Freitas não deixou de explicar a recente intervenção em reunião de Câmara onde lamentou a forma como algumas crianças estavam a ser recebidas nas escolas e justificou que foi, precisamente, pelos meninos e meninas ucranianos que se tomou a decisão de suspender a sirene dos Bombeiros Municipais ao meio-dia. Assista ao vídeo editado pela nossa redação.