SERTÃ – Salão Nobre foi palco para briefing descentralizado

SERTÃ – Salão Nobre foi palco para briefing descentralizado

O Salão Nobre dos Paços do Concelho da Sertã acolheu, na passada segunda-feira, o briefing descentralizado da Comissão de Coordenação Operacional Distrital. Foi aprovado, por unanimidade, o Plano Operacional Municipal em sede de reunião de âmbito restrito da Comissão Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios do Concelho da Sertã. O plano aprovado é anual e identifica e quantifica os recursos humanos, materiais e estruturais disponíveis no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios para o verão de 2015. A reunião contou com a presença de José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, Rogério Fernandes, Vice Presidente e Vereador da Proteção Civil e Floresta, representantes das juntas e uniões de freguesias, representantes dos dois corpos de Bombeiros do Concelho (Sertã e Cernache do Bonjardim), Aproflora (Associação de Produtores Florestais), Primeira Companhia da Força Especial de Bombeiros, Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), Guarda Nacional Republicana (GNR), Polícia Judiciária, Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, referiu que “só com a criação de regras, regulamentos e planos de ordenamento se consegue garantir o sucesso da prevenção e combate”. “Tem havido uma atuação rápida ao nível da Proteção Civil, visível nos poucos e pequenos incêndios florestais registados”, concluiu o autarca. Após as intervenções dos representantes do ICNF e Polícia Judiciária, Rui Esteves, Comandante Operacional Distrital de Castelo Branco da ANPC, conduziu o Briefing Semanal do Centro de Coordenação Operacional Distrital. Rui Esteves agradeceu a disponibilidade do Município da Sertã em receber o briefing, dizendo que “é nestes momentos que se analisa e percebe como se pode melhorar, quantificar os meios que existem e como se podem rentabilizar”. Abordou a necessidade de se inverter a pirâmide, de modo a que a prevenção e a vigilância se sobreponham ao combate aos incêndios, objetivo que só se conseguirá alcançar com a colaboração e cumprimento das competências de todos. No final da reunião, Rui Esteves entregou ao Presidente e Vice Presidente da Câmara Municipal da Sertã e aos sapadores o “Auxiliar de Bolso – Sistema de Gestão de Operações” para que todos saibam o que fazer perante eventuais situações.
Refira-se que o Plano Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios foi aprovado pela Comissão Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios do Concelho da Sertã, no passado mês de março, encontrando-se em fase de análise pelo ICNF. www.cm-serta.pt