SERTÃ – Maranho entre os vencedores do Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022

SERTÃ – Maranho entre os vencedores do Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022

O Maranho é um dos vencedores do Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022, mais precisamente na categoria «Cozinha Tradicional Portuguesa» do distrito de Castelo Branco. Este galardão enaltece as qualidades do Maranho, aqui distinguido como um produto originário dos concelhos da Sertã e de Proença-a-Nova. Carlos Miranda, presidente do Município da Sertã, mostrou-se “extremamente satisfeito” com a distinção, que “confirma e reconhece o enorme potencial e singularidade do Maranho, ao mesmo tempo que coloca este produto regional num patamar superior da cozinha tradicional portuguesa”. Segundo o autarca, “o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos últimos anos, sobretudo pelos nossos empresários da restauração e charcutaria, mas também pelo próprio Município da Sertã, deu importantes frutos, de que este prémio ou a recente classificação de Indicação Geográfica (IG) são o melhor exemplo”. O Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022, que vai na sua quinta edição, reconhece e premeia o melhor que existe em cada uma das 20 regiões portuguesas (18 distritos + duas regiões autónomas), ao nível de recursos naturais, gastronomia, arte e cultura, património e outros ícones regionais de referência nacional, além de empresas e marcas portuguesas diferenciadoras. Para apurar os vencedores desta quinta edição recorreu-se a uma votação nacional, onde os portugueses identificaram, para cada região, o que consideram ‘Cinco Estrelas’ a vários níveis. Esta votação contou com a participação de 425 mil consumidores, tendo sido avaliadas 912 marcas. Confecionado no concelho da Sertã há mais de dois séculos, o Maranho assume cada vez mais lugar de destaque na gastronomia portuguesa. O seu impacto local é extraordinariamente relevante e isso mesmo se torna notório a cada nova edição do Festival de Gastronomia do Maranho, que este ano volta a realizar-se na Sertã, entre os dias 14 e 17 de julho.