SERTÃ – Exposição sobre o Padre Manuel Antunes inaugurada na Casa da...

SERTÃ – Exposição sobre o Padre Manuel Antunes inaugurada na Casa da Cultura

A exposição «Padre Manuel Antunes – Um Pedagogo da Democracia e da Liberdade» foi inaugurada, no passado dia 26 de março, na Casa da Cultura da Sertã. Esta mostra, que dá início às Comemorações do I Centenário do Nascimento do Padre Manuel Antunes, estará patente ao público até ao próximo dia 6 de abril. Promovida pela Câmara Municipal da Sertã e comissariada por José Eduardo Franco e Luís Machado de Abreu, a exposição é constituída por uma série de 12 painéis, onde os principais momentos da vida e obra do Padre Manuel Antunes são lembrados, nomeadamente a sua infância no Concelho da Sertã, bem como todo o percurso académico e profissional até ao seu falecimento em janeiro de 1985.

A cerimónia de inauguração foi presidida por José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, que na ocasião recordou o Padre Manuel Antunes como “uma das maiores personalidades da sociedade portuguesa” do século XX e cujo pensamento “guiou muitos dos homens que construíram a nova sociedade portuguesa nascida da revolução dos Cravos”. José Farinha Nunes lembrou “as lições inesquecíveis e a forma lúcida como o Padre Manuel Antunes olhava o mundo” e o facto de “nunca ter cedido ao facilitismo, seguindo uma vida de estudo, trabalho e muita disciplina”. Para o Presidente da Câmara Municipal da Sertã, “a inauguração desta exposição representa um marco importante para todo o Município da Sertã. Homenageamos um dos nossos filhos pródigos e legitimamos o seu legado, dando a conhecer também às gerações mais novas o exemplo do Padre Manuel Antunes”. E acrescentou: “Nesta mostra, todos somos convidados a viajar no tempo até 1918, acompanhando a partir daí o percurso impressionante de um homem que nunca esqueceu as suas raízes”.
Também presente na inauguração esteve o professor José Eduardo Franco, coordenador da Comissão Científica das Comemorações do I Centenário do Nascimento do Padre Manuel Antunes, que agradeceu “o empenho e a dedicação” da Câmara Municipal da Sertã “na concretização desta exposição”.

José Eduardo Franco invocou o percurso pessoal e profissional do Padre Manuel Antunes, afirmando que “este foi um dos maiores vultos das letras portuguesas. O Padre Manuel Antunes foi tão importante no seu tempo como o Padre António Vieira o foi durante o século XVII”. Para encerrar a cerimónia de inauguração, José Eduardo Franco fez uma pequena visita guiada pelos diversos painéis da exposição, enquadrando cada um deles na biografia do Padre Manuel Antunes. Após o dia 6 de abril, esta exposição estará em itinerância por todo o país, podendo ser visitada, a partir de 10 de abril, no átrio da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.