SERTÃ – Bluepharma vai plantar mais de cinco mil carvalhos em Pedrógão...

SERTÃ – Bluepharma vai plantar mais de cinco mil carvalhos em Pedrógão Pequeno

No final de abril terá início a plantação de mais de cinco mil carvalhos no Concelho da Sertã, fruto do protocolo assinado pelo Município da Sertã e pela empresa farmacêutica Bluepharma. O protocolo foi assinado no dia 21 de março, Dia Mundial da Árvore e visa plantar 5475 carvalhos, número respeitante aos dias de existência desta empresa com sede em Coimbra. O denominado “Bosque Bluepharma” ficará em Moinho das Freiras, Pedrogão Pequeno. Esta ação de reflorestação inserida no Programa de Responsabilidade Social do grupo farmacêutico, terá início a 29 de abril.

Na cerimónia de assinatura do protocolo participaram os Presidentes da Assembleia e da Câmara Municipal da Sertã, Alfredo Dias e José Farinha Nunes, respetivamente, e, em representação do Grupo Bluepharma, o Presidente, Paulo Barradas, e a Vice-Presidente das Operações, Isolina Mesquita. Designada por “Centro+Verde”, aquela iniciativa conjunta visa garantir a plantação da espécie endógena nas condições adequadas, bem como a sua correta manutenção a médio prazo. Os seus promotores pretendem apoiar a recuperação ecológica e a preservação da biodiversidade, “tentando que seja um projeto-piloto demonstrativo da aplicação das boas práticas silvícolas”, ao mesmo tempo que contribui para a boa saúde do planeta.

A Câmara Municipal da Sertã ficará responsável pela preparação e marcação do terreno e pela dinamização de entidades do Concelho, como as escolas, para colaborarem na plantação, juntamente com os colaboradores do Grupo Bluepharma, e por todos aqueles que queiram participar na atividade. Este projeto conta também com o apoio da Junta de Freguesia de Pedrogão Pequeno, que disponibiliza os terrenos e vigiará a área plantada para detetar eventuais problemas (doenças, seca, outras) e com a colaboração do SerQ – Centro de Inovação e Competências da Floresta, na organização institucional e logística da iniciativa. A plantação será realizada com o apoio da Aproflora (Associação de Produtores Florestais e Agrícolas da Zona do Pinhal) entidade parceira deste projeto que, nos anos seguintes, tem também a responsabilidade de assegurar a manutenção da área plantada.