SARDOAL – Funcionário da Câmara Municipal, suspeito de ter ateado fogos em...

SARDOAL – Funcionário da Câmara Municipal, suspeito de ter ateado fogos em Santiago de Montalegre, ficou em prisão preventiva

O homem, de 45 anos, suspeito de ter ateado os incêndios que deflagraram, em Julho último, na localidade de Santiago de Montalegre (concelho de Sardoal) fica sujeito a prisão preventiva. Está em causa um indivíduo que é funcionário na Câmara Municipal sardoalense e que agora fica detido no Estabelecimento Prisional das Caldas da Rainha. Tal como a Hertz adiantou em tempo oportuno, em Santiago de Montalegre houve nota para quatro ignições num curto espaço de tempo.

Para além disso, refira-se, durante Agosto, também houve incêndios em Vale da Amarela e em Tojeira. Desta forma, a PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, em articulação estreita com o Grupo de Trabalho para a Redução das Ignições em Espaço Rural (GT), desenvolveu diligências de investigação que culminaram na identificação e detenção do presumível autor.