SANTARÉM – PSD questiona Ministério do Ambiente sobre descargas poluentes no Tejo

SANTARÉM – PSD questiona Ministério do Ambiente sobre descargas poluentes no Tejo

No seguimento das descargas poluentes efectuadas no Rio Tejo, que se acentuaram nas últimas semanas de 2015, os deputados do Partido Social-Democrata eleitos pelo Distrito de Santarém enviaram, nesta segunda-feira, uma carta ao Ministro do Ambiente a solicitar uma reunião com carácter de urgência, com o objectivo «de avaliar futuras acções que impeçam a contínua destruição deste património único da região».

Na carta, Teresa Leal Coelho, Nuno Serra e Duarte Marques recordam que, na legislatura anterior, a Assembleia da República aprovou, por unanimidade, um Projecto de Resolução, proposto pelo PSD-CDS, que defendia a “sustentabilidade do rio Tejo”. Desde então, referem os deputados, “algumas diligências foram feitas, deu-se o início de conversações com Espanha para renegociar a Convenção de Albufeira, foi aprofundada a fiscalização nas margens do rio Tejo em território nacional, diversas coimas foram aplicadas e até licenças de descarga foram retiradas”, mas dizem que, ainda assim, não tem sido suficiente para impedir a destruição do rio.